Como facilitar a adaptação do bebê ao berçário, à creche ou ao novo cuidador?

Veja dicas para ajudar o bebê a encarar a nova realidade que surge com a volta da mãe ao trabalho!

CarreiraMaternagem
regenesis-mulher-e-gestacao-adaptacao-do-bebe-ao-bercario

Quando o fim da licença-maternidade se aproxima, uma nova preocupação costuma dominar o coração e a mente das mães: a adaptação do bebê ao berçário, à creche ou ao novo cuidador. 

Para saber quais estratégias podem facilitar esse processo, conversamos com a Psicóloga Infanto-juvenil Géssica Ferreira, que dá dicas para a adaptação tanto de bebês novinhos quanto de crianças um pouco maiores. Confira a seguir!

Como estabelecer vínculo com o bebê

Para que o bebê fique tranquilo nos períodos de ausência da mãe, não existe atalho: é necessário que o novo cuidador, uma babá ou o cuidador da creche ou do berçário, estabeleça uma relação de vínculo e confiança com a criança, aos poucos. 

“Quando os bebês convivem no mesmo ambiente que o do cuidador, é esperado que o processo de vínculo ocorra de modo natural, desde que haja estratégias para que esse vínculo seja estabelecido”, explica a psicóloga.

A seguir, Géssica explica quais são essas estratégias tanto para bebês menores como para os mais velhos, que já têm alguma compreensão da linguagem.

Adaptação de bebês pequenos (de 4 a 6 meses)

Normalmente, a licença-maternidade acaba logo após o fim da exterogestação. “Nessa fase, a relação mãe-bebê é muito íntima. Com isso, os bebês percebem as mudanças e podem demonstrar sinais de desconforto, ficando mais irritados ou agitados”, diz Géssica. 

– Converse com o bebê enquanto amamenta

“Os bebês escutam com muito afeto a voz da mãe. A dica, portanto, é olhar nos olhos durante a amamentação, falar da importância de sua chegada e que a mamãe logo precisará sair um pouco, mas que ele ficará em boas mãos”, indica. “Dialogar é uma excelente maneira de passar confiança para o bebê”, conta Géssica.

– Delegue algumas funções ao novo cuidador

Se a escolha da família for por uma babá, vale iniciar a transição com meses de antecedência, para que o estabelecimento de vínculo seja realizado de forma mais natural. 

Com bebês pequenos, as funções de cuidado são muito importantes para a construção do vínculo, por isso “é importante que o novo cuidador esteja à frente de algumas tarefas como dar banho, levar para tomar sol e até passeios curtos no carrinho”, diz Géssica.

“Caso seja observado que existe um vínculo estabelecido, faça um teste de deixar o bebê com ele enquanto a mãe ainda está por perto por curtos espaços de tempo”, indica a psicóloga.

Adaptação de bebês maiores (acima de 12 meses) 

“Nessa idade, as crianças já possuem uma compreensão de mundo um pouco mais elaborada. É esperado que entendam a sequência dos acontecimentos e comecem a pronunciar algumas palavras”, diz a psicóloga. 

Por isso, assim como na disciplina positiva, o diálogo será um grande aliado nesse momento de adaptação. Veja as dicas:

– Transmita confiança para a criança

“É importante que, no diálogo com a criança, seja transmitida ao bebê a confiança da família nesse novo espaço ou cuidador. Explique por que a mamãe precisará sair de casa e evidencie que ele poderá pedir para falar com a mamãe quando precisar”, diz Géssica.

 – Crie um ambiente com estímulo à brincadeira

“Além dos cuidados básicos, é importante que o cuidador insira momentos lúdicos, de diálogo, de exploração da criatividade e do brincar livre, para que a criança forme um vínculo afetivo de qualidade”, ressalta a psicóloga.

Como facilitar a adaptação do bebê ao berçário ou à creche?

A adaptação do bebê a um espaço fora de sua casa traz consigo as mesmas questões pontuadas acima, mas com a adição de outros desafios. Algumas instituições, por exemplo, não permitem que a família participe desse momento de transição. 

“O movimento de uma creche nos primeiros meses de vida é um pouco mais complexo. Pode envolver momentos que demandam bastante persistência da família para lidar com situações estressoras, afinal, esse bebê está sendo retirado de sua rotina, da casa que ele ainda está conhecendo e sendo inserido em uma nova configuração”, explica.

Nesse sentido, se for possível, o ideal é encontrar um berçário ou creche que transmita confiança à família e que esteja aberto à presença da mãe, do pai ou de um cuidador próximo para acompanhar os primeiros dias do bebê neste novo ambiente.

– Quando estiver em casa, reserve tempos de qualidade com o bebê 

Berçário, creche ou babá, seja qual for a sua possibilidade, é fundamental que os momentos compartilhados em casa, antes e depois do trabalho, sejam priorizados, para que o bebê construa o entendimento dessa nova rotina com mais tranquilidade. 

“Para fortalecer a relação de afeto e confiança entre mãe e bebê, é importante proporcionar momentos de qualidade com a criança. Assim, ela sentirá que quando a mãe estiver em casa, ela vai compartilhar seus avanços e vivenciá-los, fortalecendo o vínculo dos dois”, diz Géssica.

Neste artigo, você conheceu algumas formas de facilitar a adaptação do bebê após o fim da licença-maternidade. Agora, aproveite para compartilhar estas dicas com outras mães que estejam passando pela mesma situação!

Dra. Géssica Ferreira | Psicóloga

Géssica Ferreira dos Santos é Psicóloga Infanto-juvenil pela Unifanor-Wyden. Atualmente, atende crianças e adolescentes e realiza orientação e treinamento para pais. Possui experiência em maternidade, berçário e com crianças em situação de vulnerabilidade social.

Seu bebê está para chegar? Dá uma olhada, então, neste vídeo da Pediatra Dra. Fernanda Misumi publicado no canal de Regenesis! Nele, ela fala sobre coisas aparentemente estranhas, mas que acontecem normalmente com os recém-nascidos:

logo-regenesis-premium-home

Regenesis é uma linha completa de suplementação com ciência para tentantes e gestantes.

O Regenesis Premium possui 600mg de Ômega-3, Metilfolato (a forma ativa do ácido fólico), 2.000 UI de vitamina D, Ferro além de outras 13 vitaminas e minerais.

Seu suplemento vitamínico durante a gestação!

Conheça a nossa linha de produtos e
encontre a farmácia mais próxima de você.

23-12-2021
adaptação babá adaptação bebe 6 meses babá adaptação de bebe com babá adaptação de bebe na creche bebê com avós bebê de 4 meses bebê de 6 meses como adaptar o bebe na volta ao trabalho como estabelecer vínculo com bebê
Gostou? Compartilhe com sua rede!

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments