Como aumentar a imunidade para ter uma gravidez saudável?

Além de proteger contra o novo coronavírus, estar com a imunidade em dia tem muitos benefícios para gestante e bebê. Veja o que a alimentação pode fazer por você!

Nutrição & Alimentação
regenesis-mulher-e-gestacao-como-aumentar-a-imunidade

Reforço interno

Em tempos de pandemia, é natural que muitas pessoas se interessem cada vez mais sobre como aumentar a imunidade para se fortalecer contra um possível contágio. E para quem está em plena gestação, essa preocupação torna-se ainda maior. A ótima notícia é que uma alimentação equilibrada pode não impedir a contaminação de qualquer doença, mas certamente fortalece nosso corpo para enfrentar o que vier.

“A alimentação está totalmente relacionada à nossa imunidade, pois são os alimentos saudáveis que fornecem os nutrientes essenciais para o bom funcionamento do corpo e, como consequência, do nosso sistema imunológico”, explica a Nutricionista Paula Barbosa.

Sem receita milagrosa

Em meio à avalanche de informações sobre o novo coronavírus, incluindo muitas fake news, Paula reforça que não existe uma receita infalível para nos protegermos. Mas, ao mesmo tempo, destaca: as formas de se ter uma boa saúde e imunidade não são segredo algum, nem pedem truques mirabolantes.

“Não existe um alimento milagroso que vá nos proteger contra o coronavírus, mas uma dieta equilibrada combinada com outros bons hábitos, como boas horas de sono, controle do estresse e a prática regular de atividade física, fortalece nossas defesas, além de prevenir doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade, que fazem com que as infecções se tornem ainda mais graves”, detalha.


SAIBA MAIS


Melhor evitar

A lista de alimentos e hábitos que podem atrapalhar a saúde e a imunidade, no entanto, também precisa ser relembrada, destaca Paula. Na hora de pensar sua alimentação, procure restringir alimentos industrializados, e se possível eliminá-los da sua dieta, pois possuem alto teor de gordura saturada, farinha branca, sal e açúcar e são pobres de cálcio, zinco e vitaminas.

“Hábitos como vícios e excessos, incluindo cigarro e álcool, além do sedentarismo, também são prejudiciais”, completa.

Paula ainda aponta para alguns dos mitos da alimentação que podem prejudicar a sua dieta e não contribuir para a imunidade.

“Medidas pontuais, como os shots de imunidade, não resolvem o problema. Apesar de conterem diversos ativos que ajudam sim a fortalecer o sistema imunológico, sozinhos eles não são suficientes, pois os resultados não são imediatos nesse caso”, analisa.

Outra “cilada” é o excesso de vitamina C, tida por muitos como a principal responsável pela imunidade. Apesar da falta de vitamina C causar o escorbuto, doença em que as gengivas inflamam e podem sangrar, quando o corpo já tem a quantidade necessária, ele elimina o restante pela urina. Ou seja, o excesso de vitamina C no organismo será eliminado.

Pode apostar!

Para dar aquela força para a sua imunidade, além de focar em alimentos naturais e integrais, escolha uma variedade de frutas, verduras, legumes, cereais e sementes, que garantem as principais vitaminas para o corpo e colocam o sistema imunológico em dia. Veja quais são as principais vitaminas e onde encontrá-las:

● Ferro: vegetais verde-escuros, como brócolis, espinafre e couve, além das leguminosas, como grão de bico, lentilha, ervilha e feijão.

● Selênio: castanha-do-pará e outras sementes oleaginosas, além do arroz integral e ovos.

● Zinco: encontrado principalmente na carne, em ostras, sementes de abóbora e amêndoas.

● Vitamina A: vegetais de cor alaranjada, ricos em carotenoides, como cenoura, abóbora, mamão, manga, além da couve, espinafre e agrião, ovos, peixes e frutos do mar.

● Vitamina C: frutas cítricas, pimentão, acerola e alho.

● Vitaminas B6: batata inglesa, aveia, banana, gérmen de trigo, abacate, levedo de cerveja, cereais, sementes, nozes, espinafre, carne de porco, peixe, leite e ovos.

● Vitamina E: cereais, abacate, óleos vegetais, carnes e ovos.

Em termos de descobertas recentes, Paula afirma que a vitamina D ganhou destaque e protagonismo no tema da imunidade.

“A vitamina D tornou-se uma aliada no fortalecimento do sistema imunológico e no combate a doenças. Estudos recentes apontam que a falta do nutriente não é a causa de uma imunidade fraca, mas sim a consequência, já que um sistema imunológico comprometido reduziria os níveis da vitamina”, completa.

regenesis-site-mulher-e-gestacao-parceiros-paula-barbosa

Paula Barbosa é Nutricionista há mais de 10 anos e especializada em Nutrição Esportiva Funcional desde 2016. Ela acredita que a alimentação pode ser nosso remédio ou nosso veneno, dependendo das escolhas feitas por cada um. Ela atende em São José do
Rio Preto (SP).

logo-regenesis-premium-home

Regenesis é uma linha completa de suplementação com ciência para tentantes e gestantes.

O Regenesis Premium possui 600mg de Ômega-3, Metilfolato (a forma ativa do ácido fólico), 2.000 UI de vitamina D, Ferro além de outras 13 vitaminas e minerais.
Seu suplemento vitamínico durante a gestação!

Conheça a nossa linha de produtos e
encontre a farmácia mais próxima de você.
10-06-2020
alimentação aumentar imunidade alimentação para aumentar a imunidade do corpo alimentação para aumentar imunidade alimentação para imunidade alimentação para imunidade baixa alimentação para melhorar imunidade alimentação para subir imunidade aumentar a imunidade na gravidez aumentar imunidade gestação aumentar imunidade na gravidez como aumentar a imunidade dieta imunidade imunidade alimentação saudável imunidade e gravidez qual alimentação para aumentar a imunidade
Gostou? Compartilhe com sua rede!

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments