Exame beta hCG: quando fazê-lo e como entender o resultado

Exame é o mais popular e eficiente para detectar a gravidez. Entenda como funciona e quando realizá-lo.

Esperando meu Bebê

O começo de tudo

O exame beta hCG positivo é um dos objetivos das mulheres tentantes — já que, entre expectativas e frustrações, esse resultado marca o início da jornada da maternidade. Por isso, listamos algumas informações que podem ajudar a saber quando fazer o teste e entender o resultado apresentado. 

“O hormônio chamado gonadotrofina coriônica humana (hCG) é produzido exclusivamente durante a gravidez. Como costumamos dosar apenas a fração beta do hCG, o exame de sangue que aponta a gestação ficou conhecido como beta hCG (βhCG)”,

explica a Ginecologista Obstetra Karine Miranda.

Escolha o exame

Para saber se a sua tentativa deu resultado ou tirar aquela “pulga atrás da orelha” porque a menstruação não vem, existem três opções de exame: o de urina, vendido em farmácias; o de sangue, que deve ser solicitado pelo médico; e a ultrassonografia, que também requer um pedido médico. Fique atenta para saber quando escolher cada um deles, pois a data da fecundação pode afetar o resultado. 

O exame de urina, apesar de mais acessível, só vai detectar o hormônio hCG cerca de 14 dias depois da ovulação, ou seja, com pelo menos um dia de atraso da menstruação, caso seu ciclo seja regulado. Isso porque a concentração na urina é mais baixa do que no sangue — pelo qual já é possível detectá-lo a partir de 8 dias após a fecundação. 

Caso opte por uma ultrassonografia, saiba que não será possível visualizar nada antes da quinta semana de gestação. 

“Como a ultrassonografia é um exame visual, a confirmação só pode ser feita depois do primeiro mês de gestação”,

aponta a Dra. Karine. 

Entenda o resultado de um exame beta hCG

O exame de urina é bem claro: duas marcas significam resultado positivo e uma marca aponta para o negativo. Já o exame de sangue tem mais possibilidades de interpretação:

1. Abaixo de 5 mIU/ml: resultado negativo, não há indício de gravidez.
2. Entre 5 e 25 mIU/ml: resultado indefinido. É recomendado repetir esse exame após três dias para ter certeza sobre a gestação (em uma gravidez saudável, o hormônio dobra de quantidade a cada 48 horas).
3. Acima de 25 mIU/ml: resultado positivo, indica gestação.

Falso positivo? 

Sim, é possível que um resultado aparentemente esteja errado.

“Isso acontece caso a mulher ainda tenha o hormônio hCG no corpo por outro motivo. Se teve outra gravidez recente, estiver tomando medicamentos para fertilidade ou tenha tido alguns raros cistos ovarianos, o exame pode ser um falso positivo”,

detalha a Dra. Karine. 

Falso negativo? 

Só se o exame é realizado em um estágio muito precoce da gestação.

“Até uma semana antes do atraso da menstruação, não há hormônio suficiente no sangue para ser detectado, o que resulta em um teste negativo. Por isso, sempre indico que as pacientes esperem um pouco mais para realizar o exame e ter uma resposta mais conclusiva”,

finaliza a doutora.

Gostou do conteúdo? Navegue pelo nosso Blog e veja nossos artigos para tirar mais dúvidas sobre gravidez e maternidade!

regenesis-mulher-e-gestacao-parceiros-karine-miranda

Karine Miranda é Ginecologista Obstetra e atua no Rio de Janeiro.

logo-regenesis-premium-home

Regenesis é uma linha completa de suplementação com ciência para tentantes e gestantes.

O Regenesis Premium possui 600mg de Ômega-3, Metilfolato (a forma ativa do ácido fólico), 2.000 UI de vitamina D, Ferro além de outras 13 vitaminas e minerais.
Seu suplemento vitamínico durante a gestação!

Conheça a nossa linha de produtos e
encontre a farmácia mais próxima de você.

08-04-2021
Gostou? Compartilhe com sua rede!

Comentários

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments