regenesis-mulher-e-gestacao-infeccao-urinaria

Infecção urinária na gravidez: como evitar problemas para você e o bebê

regenesis-mulher-e-gestacao-infeccao-urinaria

Ela é uma velha conhecida de muitas mulheres. E não é à toa: de acordo com estimativas da Sociedade Brasileira de Nefrologia, a infecção urinária vai atingir a cerca de 50% delas em algum momento da vida, mas pode ser controlada com relativa simplicidade. Já quando falamos de uma infecção urinária na gravidez, o assunto muda de tom e pede cuidados extras, muitos exames e atenção redobrada para garantir a tranquilidade da mamãe e do bebê. 

Isso porque existe uma queda normal de imunidade da gravidez, prejudicando a capacidade do organismo em combater a infecção. Quem faz o alerta é a Médica Ginecologista e Obstetra Klissia Pires Souza:

“Infecções urinárias na gestação nem sempre apresentam sintomas, mas podem trazer desfechos obstétricos desfavoráveis quando não tratadas”, afirma.

Estima-se que entre 17% e 20% das gestantes apresentam algum episódio de infecção do trato urinário (ITU), que acabam provocando um expressivo percentual de 60% dos partos prematuros.

De olho no xixi

Os principais sintomas da infecção urinária são: 

● dor e/ou dificuldade para urinar;

● desejo miccional constante (aquela sensação de bexiga cheia, mesmo que tenha pouco xixi);

● saída de pequena quantidade de urina a cada micção;

● perda de urina (antes de conseguir chegar ao banheiro).

Mas a principal mudança do quadro durante a gravidez é que muitas vezes a mulher não percebe qualquer desses sinais.

“A gestante pode não ter nenhum sintoma, ou ter apenas sintomas inespecíficos, o que dificulta o diagnóstico. Por isso, durante o pré-natal são realizados exames de urina simples e urocultura com frequência para identificar a infecção. A gravidez é uma das poucas situações em que a infecção urinária assintomática deve ser tratada”, explica Klissia.

O tratamento requer antibióticos, mas apenas os que não apresentam riscos de danos para o feto, sempre prescritos pelo médico.


SAIBA MAIS


Prevenir é o melhor remédio

A boa notícia é que as medidas para prevenir a infecção urinária são simples e bastante conhecidas entre as mulheres, e incluem:

● ingerir bastante líquido e fazer bastante xixi;

● evitar segurar a urina; 

● cuidar da higiene da região genital; 

● ir ao banheiro após todas as relações sexuais;

● utilizar calcinhas de tecidos respiráveis, principalmente algodão;

● e durante a gravidez, fazer exames de rastreio de rotina, mesmo se não houver sintomas.

regenesis-site-mulher-e-gestacao-parceiros-kissia

Klissia Pires Souza é Médica Ginecologista e Obstetra especializada em Reprodução Humana. Também é a supervisora do Programa de Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia do HU Maria Aparecida Pedrossian da UFMS e mestre em Ciências da Saúde. Ela está presente no Instagram como @dra.klissia. 

logo-regenesis-premium-home

Regenesis é uma linha completa de suplementação com ciência para tentantes e gestantes.

O Regenesis Premium possui 600mg de Ômega-3, Metilfolato (a forma ativa do ácido fólico), 2.000 UI de vitamina D, Ferro além de outras 13 vitaminas e minerais.
Seu suplemento vitamínico durante a gestação!

Conheça a nossa linha de produtos e
encontre a farmácia mais próxima de você.