regenesis-site-mulher-e-gestacao-ferro-na-gravidez

Qual é o papel do ferro na gravidez?

regenesis-site-mulher-e-gestacao-ferro-na-gravidez

Certamente você já ouviu falar sobre a importância do ferro na gravidez, mas sabe dizer de onde vem essa relevância toda?

Basicamente, trata-se do nutriente responsável, principalmente, pelo auxílio na formação das células vermelhas do sangue e transporte de oxigênio para as células do corpo, apoiando todo o metabolismo energético e funcionamento do sistema imune. E uma dieta com baixa ingestão de ferro compromete diretamente todos esses aspectos.

Para reforçar essa importância, especialmente na gravidez, de acordo com a Médica Ginecologista e Professora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Ilza Maria Monteiro:

“mulheres com anemia por falta de ferro sentem-se cansadas, podem ter bebês pequenos, com restrição de crescimento e também outras complicações como trabalho de parto prematuro, incluindo aumento de chances na mortalidade perinatal. Além disso, a anemia em crianças está associada ao retardo do crescimento, ao comprometimento da capacidade de aprendizagem e até mesmo à falta de atenção e baixa resistência a infecções”, destaca.

Sua dose diária

Segundo o Ministério da Saúde, a recomendação para mulheres adultas é a ingestão de 15 mg/dia de ferro. Já no caso das gestantes:

“A suplementação de ferro na gravidez deve ser em dose mínima de 30 mg/dia durante toda a gestação e até 3 meses depois do parto. E em casos de baixa hemoglobina, a dose sobe para 60 mg/ dia. Nesse período, é preciso monitorar os índices de hemoglobina sérica, com exames a cada 3 meses. Após a normalização dos resultados, a dose volta a 30 mg/ dia, até 3 meses após o parto”, explica Ilza.

Monte seu prato

Agora que você já sabe que ferro é fundamental, é hora conhecer os alimentos que não podem faltar no seu prato. As fontes vegetais de ferro incluem folhas verde-escuras, como agrião, couve, cheiro-verde e taioba; as leguminosas, como feijões, fava, grão-de-bico, ervilha e lentilha; os grãos integrais ou enriquecidos e as nozes e as castanhas. Entre os alimentos de origem animal, as melhores fontes são as carnes vermelhas, principalmente fígado e outras vísceras (miúdos), como rim e coração; além de carnes de aves e de peixe os mariscos crus.

Dê uma forcinha

Para impulsionar a absorção do ferro, a recomendação é ingerir alimentos com proteína, principalmente de fontes vegetais. Frutas cítricas também são importantes, já que o ácido ascórbico presente nessas frutas facilita a absorção.

Dica!

Cuidado ao ingerir café, chá, mate, cereais integrais, leite e derivados, que podem conter substâncias como fosfatos, polifenóis, taninos e o cálcio, que diminuem a absorção de ferro no organismo.

regenesis-site-mulher-e-gestacao-parceiros-ilza-monteiro

Ilza Maria Monteiro é livre Docente na Unicamp-SP e Ginecologista. Ela atende
em Campinas (SP).

logo-regenesis-premium-home

Regenesis é uma linha completa de suplementação com ciência para tentantes e gestantes.

O Regenesis Premium possui 600mg de Ômega-3, Metilfolato (a forma ativa do ácido fólico), 2.000 UI de vitamina D, Ferro além de outras 13 vitaminas e minerais.
Seu suplemento vitamínico durante a gestação!

Conheça a nossa linha de produtos e
encontre a farmácia mais próxima de você.