Quem tem endometriose pode engravidar?

Endometriose na gravidez - Mulher e Gestação - Imagem

Receber o diagnóstico de endometriose pode ser motivo de apreensão para as tentantes — afinal, um terço das mulheres com a doença apresenta problemas de fertilidade. Apesar disso, a boa notícia é que quem tem endometriose pode sim  engravidar. É necessário, porém, realizar um tratamento adequado para isso. 

Para entender melhor sobre a endometriose, sua relação com a gravidez e como é realizado o tratamento, confira este artigo e tire todas as suas dúvidas.  

O que é a endometriose? 

Quem explica é a Ginecologista Giovana Rabitti:

“Endometriose é o crescimento de células do endométrio (camada que reveste internamente o útero, que descama a cada mês na forma de menstruação) para fora do útero, como intestino, ligamentos, bexiga, tubas uterinas ou outros órgãos”, conta.  

Ela pode ser superficial ou profunda — quando atinge outros órgãos ou estruturas próximas ao útero. Nesse caso, os sintomas costumam ser mais intensos.  

Quais são os sintomas de endometriose? 

Os principais sintomas da endometriose são:

– cólica menstrual (de diferentes intensidades) 

– diarreia 

– dor para evacuar ou urinar, principalmente no período menstrual 

– dores durante a relação sexual com penetração 

– dificuldade para engravidar  

Além disso, mulheres cujas mães ou irmãs tiveram endometriose, que menstruaram muito cedo, que apresentam fluxo intenso e que nunca tiveram filhos são mais propensas a desenvolver endometriose.

Afinal, quem tem endometriose pode engravidar?

Sim. Apesar de ser mais difícil, é possível realizar o sonho de ser mãe mesmo com a doença.

“Geralmente há acometimento das trompas — lugar onde acontece o encontro do espermatozoide com o óvulo. Além disso, o número de óvulos geralmente é menor, e a ovulação é menos eficiente”, afirmou. 

“Trata-se de uma condição inflamatória, associada a alterações hormonais e imunológicas que dificultam a gestação. Claro que a gravidez natural é possível, apesar de ser mais difícil”, completou Rabitti. 

Quais os riscos de uma gravidez com endometriose? 

A endometriose pode influenciar no curso da gestação.

“Pode levar ao aumento de chances de gestação ectópica ou a abortos recorrentes. Além disso, caso essa mulher consiga engravidar, existe risco aumentado de hemorragias, complicações relacionadas à placenta e necessidade de cesariana”, explica.  

Como tratar a endometriose? 

Segundo Rabitti, o tratamento da endometriose varia conforme cada paciente. 

“Temos desde tratamentos conservadores (com anticoncepcional, DIU hormonal e implantes hormonais) até cirúrgicos”, aponta a Médica.

Ela diz que a cirurgia é uma opção quando há falha no tratamento hormonal, o que poderia levar a um quadro de dor pélvica crônica na paciente. 

Além disso, no caso das tentantes, a cirurgia pode ser indicada antes da gravidez. 

“Isso vai depender da localização dos focos de endometriose. Às vezes, essa mulher consegue engravidar espontaneamente e a gestação segue o curso normal. Mas, na maioria das vezes, são pacientes que têm dificuldade para engravidar. E aí, sim, a cirurgia é indicada”, finaliza. 

Rabitti conta que é possível controlar a progressão da doença pelo bloqueio da menstruação.

“É muito difícil falar em cura, já que são tecidos continuamente formados enquanto essa mulher estiver produzindo seus hormônios. As opções de tratamento visam minimizar os sintomas de dor e melhorar a qualidade de vida da mulher”, explica.  

Por isso, é muito importante procurar um ginecologista para iniciar o tratamento da doença o quanto antes. 

Para conhecer outros assuntos relativos à gestação, consulte os artigos presentes em nosso site.

Giovana Rabitti (CRM/SP 150468) é ginecologista, formada pela Universidade  Federal de São Paulo com especialização em sexualidade pela Universidade de  São Paulo.

logo-regenesis-premium-home

Regenesis é uma linha completa de suplementação com ciência para tentantes e gestantes.

O Regenesis Premium possui 600mg de Ômega-3, Metilfolato (a forma ativa do ácido fólico), 2.000 UI de vitamina D, Ferro além de outras 13 vitaminas e minerais.
Seu suplemento vitamínico durante a gestação!

Conheça a nossa linha de produtos e
encontre a farmácia mais próxima de você.